top of page

Sua empresa não é sua vida! Você trabalha PARA sua empresa ou NA sua empresa?


Aprenda a diferença entre trabalhar PARA sua empresa e trabalhar NA sua empresa.


Parece simples, mas o fato de você conhecer e aplicar a diferença entre trabalhar NA sua empresa, e trabalhar PARA a sua empresa faz uma grande diferença.


São duas coisas totalmente diferentes e separadas.


O objetivo principal de sua vida não é servir sua empresa, mas o objetivo principal de sua empresa é servir sua vida.


Por isso, você precisa aprender a trabalhar PARA sua empresa, e não trabalhar NA sua empresa.


Trabalhar PARA o seu negócio significa trabalhar estrategicamente e não operacionalmente, sendo operário da própria empresa.


Se você trabalhar NO seu negócio, corre o risco de se tornar um escravo dele, de se tornar uma peça do seu negócio, da sua própria empresa.


Aprenda a separar as coisas. Empresa, família, sonhos e desejos pessoais, são peças da sua vida particular. A empresa precisa sim fazer parte da sua vida particular pois ela é parte importante para sua sobrevivência e realização dos seus sonhos, mas cuidado para não se deixar levar pelo imediatismo e o emocional, e se envolver demais com a empresa e esquecer de viver sua vida, esquecer de curtir e valorizar sua família.


O segredo para ter plenitude como empresário, é justamente saber separar e valorizar cada coisa separadamente.


Como ensino empreendedorismo criativo e gestão simplificada para alavancar empresas, sem necessariamente ter que fazer grandes investimentos, quero te ensinar um exercício simples para separar empresa e seus problemas; da família e seus problemas.


Nos dois lados da moeda existem problemas, mas você deve deixar os problemas onde estão e não ficar levando-os de um lado para o outro.


Aprenda com esse exercício simples.


Tenha uma árvore em sua casa (pode até ser imaginária, se por acaso não tiver nenhuma árvore em casa) e dê a ela o nome de "árvore dos problemas".


Todos os dias ao sair de casa para ir trabalhar, pendure uma sacolinha imaginária com todos os seus problemas de casa, ali naquela árvore e diga: aqui deixo os meus problemas da minha casa, da minha família.


Sai com a mente vazia de problemas e vá trabalhar tranquilo e com a mente limpa e preparada para receber e resolver os problemas da empresa.


Ao voltar para casa, pare um instante em frente da árvore e deixe ali os problemas da empresa, fazendo o mesmo como fez ao sair. Isso não significa esquecer os problemas, e sim deixar os problemas em seus devidos lugares. Há tempo e lugar para tudo. Com planejamento e boa vontade é possível resolver com calma os problemas, e não se estressar.


Entre em casa livre de problemas. Em sua casa, não fale dos problemas da empresa. Em sua empresa, não fale dos problemas pessoais. Saiba que todos que estão em sua empresa, também possuem problemas pessoais e não precisam carregar também os seus. Ninguém em sua empresa saberá resolver seus problemas da forma como você deseja, e depois, um problema poderá se multiplicar se for passado de boca a boca.


Se estiver precisando conversar com alguém para desabafar, procure um profissional que possa te ouvir e te orientar.


Mas saiba que um problema é apenas 10% do que imaginamos, os outros 90% somos nós mesmo que criamos, aumentando-o até parecer insuportável.



Malu Iasuki Coach Empresarial e Mentora em Negócios.

MIMC Consultoria

Coaching- Consultoria- Mentoria- Cursos e Palestras para alavancar empresas.


9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page