top of page

Empreendedorismo Criativo

Atualizado: 7 de jun. de 2021

Defendo a ideia de que Empreendedorismo Criativo é estar sempre reinventando, é despir-se das roupas velhas do passado como empreendedor, e vestir-se de novos costumes, ou mesmo, fazendo uma analogia à vestimenta é aproveitar as roupas antigas do empreendedorismo tradicional, reformular, transformar, criar, inovar e apresentar uma peça nova.



Como começar um negócio com base no Empreendedorismo Criativo:

  • Autoconhecimento. Conhecer a si mesmo (quem eu sou?)

  • Quem eu conheço?

  • Que recursos tenho?

  • Em que esse negócio poderá melhorar na vida das pessoas?

  • Como saberei se estou contribuindo para uma vida melhor?

  • Como as pessoas se interessarão pelo meu produto ou serviço?

  • Por onde devo começar?

  • Formar parcerias

  • Pássaro na mão: comece com o que tem

  • Gaste só o que puder perder e que não lhe fará falta no futuro

  • Planeje seus alvos e foco nele

  • Ação

  • Persistência e resiliência sempre.

  • Estar aberto para novas aprendizagens, estudar sempre pois tudo muda rapidamente.


Vimos aí muitos elementos pelos quais nunca nos preocupamos no empreendedorismo tradicional, estarei falando sobre cada um, hoje vou falar sobre autoconhecimento.


Autoconhecimento


O porquê preciso me conhecer para ter sucesso em meu negócio?

Vou responder essa pergunta citando Sun Tzu, que escreveu o mais antigo tratado militar da história. A Arte da Guerra, 500 a.c.


Mas porque citamos algo tão antigo para o Empreendedorismo Criativo?

Vejam!


Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas...Sun Tzu.

Trazendo para o empreendedorismo. Se você conhece seu concorrente e si conhece, e com um bom plano estratégico você poderá alcançar seus objetivos rapidamente. Mas se você não se conhece, não conhece seu concorrente, não conhece seu cliente, não conhece o mercado que quer atuar ou está atuando, a chance de você sair vitorioso é extremamente pequena, quase zero. Por essa razão muitos empresários (vou mudar para empresário porque o empreendedor tem características diferentes, logo explicarei a diferença entre empresário e empreendedor), trabalham muito e nunca crescem, perdem tudo e fecham as portas.


Por Malu Iasuki

Coach e Mentora em Negócios

Especialista em Gestão Financeira e Lucratividade


7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page